Clube do Cavalo
Lipizzan é uma raça de cavalo proveniente de Lipica na Eslovênia

Lipizzan é uma raça de cavalo proveniente de Lipica na Eslovênia

A grafia de seu nome tem várias formas em diversos países, como Lipicanac (Croácia), Lipicai (Hungria) ou Lipizzano (Itália)

Fundado em 1580, o criatório de Lipica é o mais antigo local de criação de animais do mundo. Também está intimamente associado à Escola Espanhola de Equitação de Viena, na Áustria.

Lá são especialistas em Adestramento. Os cavalos da Escola Espanhola de Equitação são treinados usando métodos tradicionais que datam de centenas de anos, baseados nos princípios do ensino clássico.

Lipizzan

Cavalos de Lipica na Slovenia

A raça Lipizzan remonta ao século 16, quando foi desenvolvida com o apoio da nobreza, os Habsburgos governavam a Áustria e a Espanha. Um cavalo ágil e forte era desejado tanto para uso militar quanto para a Escola de Equitação.

A raça leva o nome de uma das mais antigas coudelarias estabelecidas, localizada perto da aldeia de Lipica, em Karst Plateau, na atual Eslovênia. Por um tempo, a raça foi ameaçada de extinção durante as guerras que assolaram a Europa, como a Primeira Grande Guerra ou a Segunda.

O resgate dos Lipizzans durante a Segunda Guerra Mundial pelas tropas americanas ficou famoso pelo filme da Disney – Miracle of the White Stallions. Junto com o filme, o Lipizzan também estrelou, ou desempenhou papéis coadjuvantes, em muitos filmes, programas de TV, livros e outras mídias.

Lipizzan

Uma exibição de Lipizanner para o então presidente dos Estados Unidos em 2008 George Bush

Hoje, oito garanhões são reconhecidos como o alicerce da raça, todos criados no final do século 18 e início do século 19. Todos os Lipizzans modernos traçam suas linhagens até estes oito garanhões. E todos os garanhões de reprodução incluíram em seu nome, o nome do fundador da linhagem.

São eles: Pluto (1765); Conversano (1767); Maestoso (1773); Favory (1779); Neapolitano (1790); Siglavy (1810); Tulipan(1800); e Incitato (1802).

Também são conhecidas as linhas clássicas de matrizes, com até 35 nomes de éguas reconhecidas por vários registros da raça. A maioria dos cavalos é registrada através das organizações membros da Federação Internacional Lipizzan.

Lipizzan

Uma performance de um garanhão Lipizzaner, no Schönbrunn Palace, montado por Andreas Hausberger

Cerca de 11 mil cavalos foram registados em 19 países e em nove estados da Europa. A maioria dos Lipizzans residem na Europa, com números menores nas Américas, na África e na Austrália. Geralmente de pelagem acinzentada-tordilho, o Lipizzan é uma raça rústica, de amadurecimento muscular lento e que vive bastante.

-

Quem ama cavalos, veste Clube do Cavalo!